sábado, dezembro 30, 2006

INDEPENDENTES PELO NÃO





As jornalistas Maria João Avillez e Laurinda Alves, dadas inicialmente como apoiantes da «Plataforma Não Obrigada», afinal vão integrar o «Independentes pelo Não», um movimento que deverá ser apresentado no dia 5.

O produtor de espectáculos Luís Montez, genro do Presidente da República, o ex-campeão Mundial de Hóquei Patins Victor Hugo e do cardiologista José Roquette fazem também parte deste movimento que vai fazer campanha para o referendo de 11 de Fevereiro.

«Entendemos que é positiva a diversidade de vozes pelo ‘não’. Há vários caminhos para chegar ao ‘não’. Uns mais pelo coração, outros mais pela razão. O que nos diferencia vão ser os protagonistas, o discurso e a abordagem do tema», disse ao SOL Gonçalo Vassalo Moita, um dos fundadores do movimento. O «Independentes pelo Não» não vai integrar a «Plataforma Não Obrigada».

Considerando «a questão do aborto é demasiado séria e complexa para que possa ser vista a preto e branco», este advogado explica que da «nova abordagem» que querem introduzir no debate faz parte «a ideia de que o Estado não pode querer alhear-se da questão do aborto, oferecendo apenas condições para que este se faça em segurança e de acordo com a consciência de cada um».

E acrescenta: «O combate ao aborto e não apenas ao aborto clandestino deve ser uma opção política estratégica por parte do Estado».

eunice.lourenco@sol.pt

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Como vai Votar no referendo dia 11 de Fevereiro?
NÃO
SIM
Não sei
Abstenção