sexta-feira, janeiro 05, 2007

CORREIA DE CAMPOS NO SEU MELHOR!


Ministro da Saúde explicou à SIC o que pode mudar após a consulta popular


O ministro da Saúde revelou à SIC o que poderá mudar após o referendo ao aborto. Cada intervenção poderá custar ao Estado entre 350 e 700 euros. Além disso, os hospitais do Serviço Nacional de Saúde serão obrigados a realizar abortos a pedido da mulher se o sim ganhar o referendo em Fevereiro.

Se o sim ganhar no próximo dia 11 de Fevereiro, as interrupções voluntárias de gravidez serão tratadas como qualquer outro acto médico e os hospitais públicos com serviço de ginecologia e obstetrícia vão ter de as fazer. A ideia não é nova. Em França, os hospitais criaram unidades funcionais só para praticar abortos. Em Portugal poderá acontecer o mesmo. Ou, então, as direcções hospitalares terão de encaminhar as mulheres para o sector privado. Será o orçamento do hospital a pagar os custos. É, aliás, o que já acontece com as interrupções de gravidez permitidas pela lei actual. O procedimento obriga uma resolução da Assembleia da República.
Correia de Campos ainda não sabe quanto irá gastar o Ministério da Saúde se o sim ganhar o referendo, mas já fez contas a quanto poderá custar cada uma das interrupções de gravidez feitas nos hospitais públicos. Diz o ministro que é possível que os preços variem entre 350 e 700 euros. Para chegar a estes valores, o ministro teve como base os custos do aborto nos hospitais espanhóis. Até porque, foi à lei espanhola que Correia de Campos foi buscar muitas das suas intenções. Por exemplo, as mulheres que não quiserem ser identificadas não poderão ser atendidas nos hospitais do Estado. Esta é uma das razões que leva Correia de Campos a admitir que a maioria das interrupções de gravidez seja feita por privadas e só uma pequena parte nos hospitais públicos.

MV MF

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Quando se fala de causas não se fazem estas contas. O que é importante não é quanto custa, mas que problemas resolve.

janeiro 07, 2007 2:45 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Caros senhores,
peço desculpa deixar aqui publicidade, no espaço do comment. Mas não encontrei o vosso contacto...
É só para informar que criei um novo blog onde defendo a vida, contra a prática do aborto.
O endereço para o "Huum e tal... NÃO" é http://umnao.blogspot.com
Cumprimentos

janeiro 08, 2007 4:04 da tarde  
Blogger hdlanca said...

Como não tem e-mail,venho por este meio requerer que me contactem com alguma urgencia, para o email hdlanca@gmail.com

Desde já agradecido

janeiro 08, 2007 6:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Como vai Votar no referendo dia 11 de Fevereiro?
NÃO
SIM
Não sei
Abstenção